Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

11
Mar19

Vamos viajar!

Dentro de uma semana, por esta hora, estarei na outra ponta da Europa. Lembram-se quando nas resoluções de ano novo, falei que em 2019 iria fazer uma viagem jeitosa? Pois é, eu e a Maria mais nova decidímos ir passear, vamos até Frankfurt!

 

Corria o mês de Outubro quando falámos no assunto, assim muito por acaso. Que seria giro fazermos uma viagem as duas, uma estreia entre irmãs, ir conhecer algum lugar novo. Sempre dentro da Europa, pensamos em imensas cidades mas a decisão acabou por um consenso. Tendo em consideração que o nosso pai anda para aqueles lados, pensámos que seria uma boa opção aproveitar a deixa e fazer uma visita. Faltava escolher quando. Março, Abril, Maio, era igual. Para mim tinha que ser após Fevereiro, pois só aí ia ficar mais folgada nas contas. (Ironia das ironias, acabei desempregada antes disto tudo)

 

Então a mana disse: "E porque não apanhar o dia do pai?". E pronto, é três em um. Viagem e visita, num dia especial. Assim, vamos (já!) na próxima segunda-feira e voltamos na quinta bem tarde. Alinhámos os pormenores e as coisas, comprámos os bilhetes e pronto, temos vivido nesta ansiedade maluca há quase meio ano. Claro que, eu ter ficado sem emprego abanou-me bastante. Nunca esteve em questão abdicar desta viagem (já está tudo pago) mas tornou-se um impedimento na procura de trabalho. Empresa alguma me faria um contrato e menos de um mês depois, dar-me uma semana de férias, não é... Logo, estive este mês meio que em intermitência. Fui a várias entrevistas mas mal falava do impedimento, fechava portas. 

 

Posto isto, não sei se alguém já foi a Frankfurt. Em caso afirmativo, têm alguma sugestão de restaurantes ou sítios que devamos visitar? Obrigada 

 

21
Mar17

Isto de ter novas tecnologias

O meu (antigo atenção!) telemóvel não estava estragado. Estava lento, mais a cada dia que passava, mas todas as funcionalidades eram usadas sem qualquer problema. O fator 'fora de moda' nunca me incomodou, mas admito que havia coisas que ele não tinha que já me começavam a fazer falta. Foi o telemóvel que tive durante mais tempo - três anos.

 

Este 'bicho' tem tudo e mais alguma coisa. Ainda só passou um dia e já o ADORO! Já instalei tanta coisa, e tirei tantas fotos. A qualidade de imagem é fenomenal! Tem uma enorme capacidade de memória entre tantas outras coisas. E isto de ter câmara frontal... É uma verdadeira delicia! Mais! Tem uma aplicação que conta os passos que dou. Acham isto normal?! 

 

Ele gozou tanto comigo... Diz que pareço uma criança que recebeu o primeiro telemóvel. E tem razão, é praticamente isso: eu também me sinto assim, como uma criança mas super super feliz!

 

Após a reação tida e as descobertas feitas nesta pequena maravilha, tenho a certeza que estava verdadeiramente desactualizada no que diz respeito a esta vertente da tecnologia. Se estava!

 

Ainda não acredito que tenho um telemóvel que saiu há pouco mais de um mês para o mercado. Ainda não acredito que o Doce orquestrou isto tudo nas minhas costas sem eu, que sou uma desconfiada por natureza, suspeitar de nada! Mais uma vez, obrigada Doce 

 

20
Mar17

Sobre ontem

O meu dia ontem começou bem cedo. Esta coisa de querer viajar nas low cost e poupar algum dinheiro, tem por preço a falta de horas de sono. Levantei-me à segunda hora do dia, e cheguei perto da nona hora ao Porto. Pela primeira vez, ao sair com a minha bagagem tinha alguém à minha espera do outro lado: o Doce. Foi uma sensação tão boa, tão aconchegante. Tão semelhante a sentir-me em casa e de volta à vida maravilhosa que tinha!

 

Lá fomos os dois, todos contentes e eu a rir até ao carro. Reparei desde o primeiro segundo que ele trazia um saco com ele, mas decidi não perguntar nada até este me ser entregue...  Ao abrir, vejo que a compra que prometi ser a primeira que faria em território nacional já não se iria concretizar. Porque o malote estava ali, à minha frente! Palpável, real! O meu coração veio fazer os trabalhos de casa aqui ao blog e decidiu ser o Pai Natal que eu falava e oferecer-me este mimo! Fiquei delirante - a mala ainda era mais bonita ao vivo. 

 

_DSC0291.JPG_DSC0292.JPG

 

Ia toda lampeira para dentro do carro quando ele me pergunta se não vou abrir a mala, ver como era por dentro. Estranhei ele estar tão interessado e abri a dita cuja. Havia mais um embrulho lá dentro. Meia desconfiada, abri e admito que ia sofrendo um ataque cardíaco. Acho que ainda hoje estou um bocadinho em choque... Ele comprou-me um telemóvel. E não foi um qualquer... 

 

_DSC0295.JPG

 

Depois do choque inicial, entrei finalmente no carro e rumámos a Viseu. Durante a viagem ele contou-me toda a organização desta enorme surpresa e eu fiquei tão derretida por pensar no trabalho todo que ele teve para me agradar... Já disse que só gosto de telemóveis brancos e que o pobre homem andou feito doido à procura deste? E que ele avaliou todas as vertentes do 'bicho', sistema operativo, câmara, etc para chegar à conclusão que este telemóvel era a minha cara? E já disse que é efetivamente a minha cara?! Oh meu Deus! Ele surpreendeu-me mesmo!

 

Chegar a casa foi uma sensação do outro mundo. As minhas Marias, o meu Blacky, a minha casa, o meu quarto, a minha cama... Oh que saudades de tudo isto! Tive um dia em cheio, em todos os sentidos. Estou tão feliz por voltar para casa. Olá Portugal, olá Viseu, estou de volta!

 

Boa segunda-feira! 

 

20
Fev17

Voltei

Diz-se que o que é bom acaba depressa e é bem verdade. Ainda ontem era quarta-feira e hoje já é segunda. O tempo tem uma capacidade incrível de fazer correr as horas quando estamos bem, e prolongar os segundos quando estamos em 'sofrimento'. Talvez seja apenas a nossa perspectiva, querendo eternizar alguns instantes e esquecer outros por completo.

 

A quarta-feira foi um dia longo, em todos os sentidos. Levantei-me de madrugada para conseguir apanhar todos os transportes necessários ao aeroporto mais próximo e por volta das 9h, estava finalmente a pisar solo nacional, naquele que é agora o melhor destino turístico. Apanhei o primeiro autocarro que tinha e cheguei a Viseu por volta do meio dia. Todo o processo envolto na viagem foi tratado com secretismo total. Enganar as Marias tornou-se complicado a certa altura mas parece que não desconfiaram nem por um segundo o que andava a magicar! 

 

Aquando a compra dos voos, precisei de cartão de crédito para finalizar e sem opções, tive que recorrer à mamã. Como justificar 52€? Ora, é a prenda do Doce. Informei logo que ia chegar atrasada porque encomendei tarde e que ia precisar de alguém em casa para a receber, quarta-feira, entre o meio dia e a uma da tarde. Até aqui tudo bem. O pior foi quando a Maria mais nova quis saber o que era... Só me lembrei de ver um site online e escolher algo ao acaso!

 

Avisei então a mãe que o Sr. me tinha ligado e que estava à porta e surpresa! Nem sei quem ficou pior, se ela, se eu. Talvez tenha sido ela, porque passou por mim e não me viu. Chegou a hora de almoço e vi a mana. Reação nº 2 - check. A minha prima, a única cúmplice desta 'prenda', fazia anos nesse dia, e tendo um jantar organizado, poupou-me o trabalho de visitar toda a gente guardando um lugar na mesa para um convidado surpresa. Chegou a hora do Doce. O plano era ele ligar-me para eu avisar a minha irmã, que se encontrava no jantar e a mesma, descer para lhe entregar o presente. Mas quem desceu, fui eu! Quando me viu, não quis acreditar. Argumentou ligeiramente mas depois, não foram precisas palavras para mais nada.

 

Consegui resolver alguns assuntos que tinha pendentes em Portugal, matei as saudades de toda e gente e voltei, não necessariamente feliz, mas com o coração um pouco mais cheio! 

 

15
Fev17

Está na hora!

Prometi que contava hoje, embora tarde, é isso mesmo que vou fazer.

 

Como primeira celebração que era, e estando longe, quis oferecer algo que tivesse significado e que fosse memorável. Tenho isto planeado desde que cheguei, ou até ainda antes de vir para cá. Nem tudo dependia de mim, é verdade mas mantive a esperança viva e resultou!

 

O dia dos namorados foi ontem e dizem que passando o dia passa a romaria. Mas infelizmente, não consegui fazer com que fosse tudo entregue a tempo e horas, havia variantes que tiveram de ser avaliadas e conjugadas da melhor forma. Assim, é com alegria que informo que o presente dele já chegou a território nacional há algumas horas, entre atrasos e arranjos, finalmente se encontra na sua rica e maravilhosa cidade, e não tarda estará nos braços do seu amor!

 

É isso mesmo, o meu presente... Sou eu! 

 

(Primeiro que tudo, peço desculpa pela hora. mas precisei de ter a certeza que ele não lia isto antes de me ver. A minha estadia em Portugal será entre os dias 15 e 19 deste mês. Tive receio de não ter internet suficiente pelo caminho mas a mana deixou-me dar uma saltada ao portátil dela porque decidi deixar o meu na Alemanha. É pouco provavel vir aqui neste intervalo. Prometo contar-vos tudo quando voltar! Beijinhos)