Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

23
Out19

Os primeiros dias de estágio

Na segunda-feira, como vos disse, comecei o meu estágio curricular. Calhei numa agência de seguros que, sendo sincera, não tem propriamente a ver com o que aprendi. Foi me dito que iria fazer a gestão das redes sociais mas... Parece que não.

 

Eis que tive um livro para ler, sobre todo o tipo de seguros possível e imaginário. E já percebi que o li rápido demais porque já me empurraram outra tarefa para cima. Uma pessoa quer ser eficiente mas acho que neste caso em específico, devo ser um pouco mais slow. Não vão eles ficar mal habituados e escravizar-me...  A nova tarefa é a organização da base de dados. E parece que, depois disso, querem que eu crie uma em SQL para encontrarem mais facilmente um cliente pelo contribuinte e/ou pelo número da apólice. Bem, aqui já tem mais a ver com o curso... Vamos lá ver como isto desenvolve nos próximos dias.

 

Estou sozinha com um rapaz. Aposto que anda na casa dos trintas, muito acessível e simpático. É o gestor de clientes e representante daquela agência. Vai ser o meu tutor durante o estágio. Tenho 400h pela frente, previsões de ser até ao fim de ano. Conforme novidades e desenvolvimentos, eu partilho. Hoje já 'vivi' uma situação gira: entrou um casal para fazer um seguro automóvel com duas crianças. E ouvi a mãe a chamar a miúda: 

 

"Nadine, está sossegada!"

 

O meu tutor olha para mim, eu para ele e ri-se. Quando saíram, diz:

 

"Afinal o teu nome não é assim tão raro!". E realmente, parece que não 

 

28
Jan17

Estas coisas dos nomes...

Prova provada que o meu nome não é português! A primeira loja em que entro, as primeiras coisas com nomes que vejo e o meu está lá! É mesmo real: o meu nome existe! Ufa, que alívio!

 

16343949_764011217095382_138098977_n.jpg

 

Sim porque nunca encontrei nada relacionado: canetas, bonecos, porta-chaves, aqueles diplomas que há em toda e qualquer feira. O meu nome simplesmente não havia, e quando perguntava a alguma das vendedoras, chegaram a dizer-me que o nome não existia! Ora, eu tenho o nome, conheço uma data de Nadine's (a contar comigo, 6), como podia não existir?! Mas bem, agora já tenho a certeza que existe, e que os meus pais não o inventaram!