Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

29
Jul17

Pós-operatório

Passou bem devagarinho, mas a verdade é que já fui operada faz hoje mês e meio. Tenho que admitir que me sinto muito bem. Tanto no tratamento hospitalar, como na recuperação, como no aparente resultado final como nas perspetivas do que está ainda para vir.

 

Esta operação era algo que eu já esperava há mais tempo do que me lembro alguma vez esperar por alguma coisa. Três anos... Foi mesmo muito tempo. E toda esta espera poderia ter sido evitada se o primeiro cirurgião que me teve nas mãos tivesse feito o trabalho em condições.

 

No entanto, sempre me disseram que toda a espera traz recompensa e parece mesmo que sim. Fui parar ao privado, tratada que nem princesa e muito bem acompanhada desde a alta hospitalar. Para quem já conhece, provavelmente não terá sido nada de mais mas para mim, virem com uma lista e perguntarem o que queria para as refeições, foi algo do outro mundo. Enfermeiras que pareciam amigas, tão atenciosas que até era de estranhar. O médico, oh, o médico... Cinco estrelas! Prático, sem papas na língua e bons resultados. Que mais pode um paciente querer?!

 

Um grande obrigada ao Dr. Cruz Ferreira, não podia ter pedido melhor! 

 

Depois há também a componente psicológica e é nessa, que noto mais diferenças. Sinto-me revigorada e feliz. Feliz, por conseguir finalmente olhar para o peito e não sentir desgosto. Tenho duas valentes cicatrizes, é verdade. mas tenho também uma alma e uma confiança novas. Claro que muita gente à minha volta sabe que fui submetida a tal, mas quem não, também não saberá porque felizmente qualquer bikini tapa a coisa. Sinto, e espero, que com o tempo, tenha mais vontade para cuidar de mim. Parece desculpa, eu sei, mas senti que até agora não tinha o incentivo certo para me preocupar em perder aqueles seis quilos que estão a mais. 

 

Se houve coisa que mudou radicalmente foi o meu poiso... Há todo esse tempo que durmo no sofá porque a cama, não é suficientemente boa para mim. O sofá tornou-se o meu melhor amigo porque nele, posso dormir ligeiramente de lado. Sempre foi um terror para mim dormir de papo para o ar e a cama... Não me dava alternativa. Claro que com o tempo, já tenho sentido aquelas dores próprias do sofá mas pode ser que em breve volte para onde é suposto.

 

A cicatriz está ainda muito vermelha mas pelo menos nota-se que já está fechadinha. As crostas foram saindo e agora é altura do creme hidratante fazer o seu trabalho. O pior mesmo é a comichão. Ai a comichão! É horrível e custa tanto não me poder coçar! Mas é bom sinal, significa que a pele nova se está a formar e que tudo está a correr bem.

 

Estou muito animada com os resultados e em breve, voltará tudo ao normal! 

 

06
Jun17

As partidas da saúde

Bem nos dizem e ensinam que a saúde é um dos bens mais preciosos que existem. E a questão é que achamos sempre que será uma coisa, e quando se vê, é outra completamente diferente.

 

Há uma carrada de dias que o Doce anda mal. Sofre de enjoos, anda sensível aos cheiros, não pode comer nada mais apurado, constantemente mal disposto... Grávido, portanto. Não acham? Pois, eu brinquei muito com a situação porque ele também se recusava a ir ao médico.

 

Mas este fim-de-semana a coisa piorou, de tal forma que o homem não estava bem de forma nenhuma.  Acabou por aguentar mas ontem teve que ser. Saímos cedo para conseguir consulta no centro de saúde e quando fomos atendidos, o médico deu logo o prognóstico que seria apendicite e recambiou-nos de imediato para o hospital. Dizia ele que com a carta seríamos atendidos mais rápido? Pois claro que sim, notou-se pelas 6 horas que lá passámos!

 

Médicas cansadas, que se queixam estar a trabalhar há três dias seguidos, nem aí para os doentes, mas pronto, estamos a falar do público, não é? Infelizmente, não podemos pedir muito, certo?

 

Bem demoradas, lá lhe fizeram análises e duas horas depois (sim, porque é esse o tempo que demora o carvalho dos resultados de umas simples análises) informaram-no que era só uma gastroenterite e que se continuasse com os mesmos sintomas, aconselhado a voltar. Receitaram lhe uns comprimidos e bom, já está, pronto para outra! Acham que isto é normal?! Claro que ninguém quer que ele tenha uma apendicite, mas se as queixas estavam inclinadas para esse lado, se até vomitou suco biliar como o médico de família identificou e se o mesmo deu essa indicação, porque não se faz no mínimo uns exames ao estômago?! Não entendo...

 

Começo sinceramente a achar que compensa gastar dinheiro mas ser-se tratado de uma completa outra forma indo ao privado! Assim vos peço desculpa pela ausência de ontem, mas com as horas que andámos nisto, tudo o que mais queria, era uma cama para dormir...