Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

17
Set18

Sabem sempre a pouco

Não é esse o sentimento relativamente às férias? Eu estou tão triste por saber que já chegou ao fim e que mais logo, recomeço a receber hóspedes. Mas bem, foram melhores que nada e já deu para descansar! Agora até às próximas, vamos ver se aguento 

 

Com a decisão (inesperada) de juntar os trapinhos, a situação financeira ficou péssima. Chapa ganha, chapa gasta. Dá para viver, sim. Mas eu não sei viver desta maneira e confesso que tenho dias que entro em desespero... Tivemos um pouco de azar mas tenho a perfeita consciência que as coisas vão melhorar em breve, assim que algumas despesas extra fiquem saldadas. E admito que, mesmo 'apertada', nunca me arrependi da decisão! 

 

Pois bem que férias estava a ser muito complicado de realizar. Mas depois de no verão passado mal ter posto os pés na praia devido à cirurgia, tinha que pisar um areal. E assim decidimos ir dois dias até à Figueira da Foz. Com preços delirantes que consegui através da negociação, fomos de férias a preço de saldo.

 

Tomei a decisão de ficar uma das noites novamente no Marina Charming House, mas admito que não me senti tão animada como no ano anterior. Na segunda, ficámos alojados no Hotel Wellington, mesmo junto ao Casino da Figueira. Um hotel de três estrelas, pequeno e acolhedor. O quarto era relativamente espaçoso e o serviço foi excelente. Pequeno-almoço bastante variado e delicioso. Têm também um restaurante italiano, onde tanto eu como o Doce nos lambuzámos por um preço irrisória-mente baixo! Foi sem dúvida a grande surpresa destes dias.

 

O tempo foi o nosso grande inimigo, porque infelizmente, o vento, nevoeiro e até orvalho mal nos deixaram ir até à praia. Acabámos um pouco entediados, a passar mais tempo que o suposto no hotel. Gostei, mas confesso que se soubesse de ante mão que seria assim, mais valia termos aproveitado os três dias noutro local que não praia. Na volta, viemos pelo Porto onde concretizei o sonho de ir ao IKEA - sou grande fã! (Ao ponto de ter aquelas atitudes infantis quando lá chegámos...). Uma voltinha aqui e ali e de novo em Viseu para recomeçar a rotina.

 

41831270_260249524696664_7218571166682710016_n.jpg41865972_322983314929671_5124064729098092544_n.jpg

(Quarto mini no Marina Charming House e respetivo pequeno-almoço)

41843952_241563013200333_1977099443509395456_n.jpg41888051_968504683355379_7381095233129283584_n.jpg

(Quarto Hotel Wellington e o meu Tortellini no Restaurante Wellington )

41807115_297604597502028_8045373051430240256_n.jpg

 

Foram uns dias fantásticos e souberam a mel! Agora é voltar à rotina! 

 

01
Ago18

Um sentimento de perda

Eram 8h de sábado quando o Doce me acordou de sobressalto. Fiquei em alarme e depois de acordar, lá atendi. Ouvi o do outro lado dizer que tinha encontrado três cachorrinhos abandonados na berma da estrada, lá numa aldeia que ele percorre em trabalho. Só percebi que ele iria trazê-los e que já falávamos. Ok, levantei me e tentei digerir a informação. Lá me preparei para que, assim que ele chegasse, víssemos qual o melhor a ser feito.

 

Ele chegou com a companhia e eu fiquei encantada. Três bolinhas de pêlo mal cheiroso e com nervos, mas aparentemente bem nutridos. Abandonados de fresco, quis eu acreditar.

 

Dirigimos nos à GNR e fomos informados que por ser fim de semana, nada podia ser feito e que os fofinhos iam ter que passar o mesmo na nossa companhia. Well, temos uma pequena marquise no apartamento. Para um fim de semana não será grande problema.

 

Chegados a casa, água foi a premissa. E tanta sede que eles tinham! Uma ida a correr ao minimercado, comprar ração e pronto, lá fui trabalhar. Entre fotos e vídeos, lá chega a hora de regressar a casa, onde vejo aquelas coisas lindas a dormir. "Vamos nós também", dizia eu. E eis que percebi que ia ser um fim de semana de loucos. Acordar de hora em hora, qual pais de primeira viagem! Percebemos no domingo que tanto choro se devia às dores que eles tinham ao defecar - eram mais lombrigas que cocó! Comprámos um desparasitante e tratá-mos do assunto.

 

Segunda feira, foi dia de ir ao Cantinho do Animais. Como sempre, a infame proprietária é uma jóia, que gosta tantos de pessoas como eu gosto de nabos. Informou nos que nada podia fazer e mandou nos para a Câmara Municipal. Já nesta, foi parecido. Todos a passarem a batata quente. Ninguém tinha resposabilidades. Vi-me obrigada a contactar a guarda e eles lá tornaram possível. Os pequenos, que tinham aproveitado a ida à rua dormiam que nem anjos.

 

15:05, a hora em que os senhores da recolha me ligaram. E inexplicavelmente, foi como se voltasse 3 anos atrás, naquele fatídico 21 de Setembro, em que percebi que andei um ano a preparar me e que em dois minutos desabou tudo. Não consegui evitar chorar desalmadamente. Corri à varanda, acordei os e fiz lhes festas. E estupidamente, não conseguia parar de soluçar. Desci e esperei, e eles chegaram. E como quem entrega mercadoria, dei-lhes o caixote.

 

Sei que eles são pequenos e de tão adoráveis, certamente serão adotados. Sei que fiz o que tinha de ser, porque não tinha condições para ter e criar três cães. Avisei o Doce mais que uma vez para não se afeiçoar e afinal, quem se afeiçoou mesmo sem perceber fui eu. Se antes acreditei estar a fazer uma boa ação, ao salvá-los agora sinto-me uma péssima pessoa por os ter entregue...

 

E como as palavras não conseguem dizer mais nada, fica aqui uma amostra das recorações e memórias deste fim de semana que foi sem dúvida diferente, e repleto de emoções:

 

38148120_1084995981663569_9170183797516271616_n.jp38138929_1084997134996787_6504540387095347200_n.jp38013949_1084995834996917_8625371104438910976_n.jp38085915_1085070771656090_4085507461870518272_n.jp

38143549_1084995701663597_7750669064346796032_n.jp38190310_1084997078330126_8797948624173531136_n.jp

 

27
Jun18

Isto é amor #1

Agora que tenho os trapinhos juntos, são muitos os pormenores, muitos os detalhes que envolvem esta jornada. Muitas trocas de vivências, muitos ajustes quanto às arrumações e formas de limpeza e sem dúvida, muito mimo. Por isso, vamos começar uma nova rubrica.

 

E vamos começar com uma mensagem de bom dia:

 

36303891_1048383028658198_3228755464497922048_n.jp

 

Mal saí da cama e ganhei logo o dia! 

 

02
Mai18

2 Segundos

Este post devia ter sido escrito ontem, mas com o trabalho e a celebração de que o mesmo é alvo, acabou por ficar para segundo plano. O primeiro do mês, dia do trabalhador, feriado para a maioria, é dia de celebrar o aniversário de namoro com o Doce, sendo este ano o segundo. 

 

Um segundo ano que foi totalmente diferente do primeiro. Que nos trouxe muitas provas, muitos dilemas e desafios. Um ano que colocou o amor à prova, e do qual saímos vencedores.

 

Começou por ser um ano em que ganhei a primeira batalha - abrimos conta poupança. Foi uma vitória que a determinado momento, pensei nunca atingir. Após isto, começámos o projeto "Viver juntos 2019" que, acabou por nos trocar as voltas e acontecer mais depressa que o esperado. Ambos mudámos de trabalho e começámos um novo ciclo. Ambos desanimámos e ambos nos melhorámos. Somos pessoas melhores e juntos, somos felizes. Ele realça a minha beleza e eu a sua espontaneidade. Ele tornou-me divertida e solta e eu fi-lo assentar os pés na terra. Ele faz-me feliz 360 dias num ano e eu faço-o feliz 362. Estou feliz e nada mais podia pedir.

 

No primeiro aniversário ele disse-me: "Um ano pareceu um segundo, então quero viver contigo mais um minuto". Dois segundos, maioritariamente positivos. Que venham os restantes 58 

 

30926774_1009804892516012_1407880372_o.jpg(Ardósia do maravilhoso projeto Feliz é Quem Diz, do qual falarei em breve)