Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

03
Jan19

Desafio - 52 Semanas

As sextas feiras de 2018, ficaram sempre reservadas para o desafio. Eu, algumas por esquecimento outras por falta de oportunidade, cheguei a responder a duas semanas de uma vez. Deveria ter acabado em 2018 mas não tive essa oportunidade. Assim, saem agora as minhas respostas às últimas duas semanas do desafio.

 

52.0.JPG

 

Semana 51: Coisas que me marcaram neste ano.

 

O ano que passou trouxe muitas coisas boas. Tratei de mim física e emocionalmente, e sinto-me revigorada e com vontade de mais. Os meus avós fizeram 50 anos de casados e foi uma festa lindíssima! Fui a Lisboa, ver um concerto com a minha irmã, das melhores experiências da minha vida! Juntei os trapinhos com o Doce e tem sido maravilhoso. Fiz 23 anos, rodeada de amor. Celebrei o Natal em minha casa, e o sabor não podia ter sido melhor.

 

Semana 52: No ano que vem eu quero.

 

Como disse no post do fim de ano, não quero muita coisa. Que se mantenha tudo como está e que consiga sempre ser uma pessoa um bocadinho melhor.

 

Assim, dou este desafio por concluído. Foi um gosto, fazer parte dele! 

 

14
Dez18

Desafio - 52 Semanas

52.0.JPG

 

Semana 50: Pessoas que eu admiro.

 

Esta para mim, é demasiado fácil. Podia dizer tantas pessoas, tantas coisas que eu admiro... Mas não posso tirar mérito a quem de direito e assim, vou falar na minha mãe.

 

Admiro a minha mãe muito para além do facto de ser minha mãe. Admiro a minha mãe porque toda a vida se adaptou. Foi e é uma pessoa de muito trabalho, seguiu as vontades do marido quanto à emigração. Trocou de país, voltou a terras lusas contra a vontade. Deixou um casamento, uma casa, o sonho de uma vida para se manter a salvo a ela e às filhas. Sem trabalho, sem casa própria, mas nunca se deixou maltratar. Cresceu enquanto mulher e hoje, é uma valente mulher de tomates, como se costuma dizer. Criou duas filhas praticamente sozinha, passou pela adolescência, os namoros e todas essas provas sem um apoio masculino. Ficou desempregada e escavou tudo o que pôde para continuar a pôr o pão na mesa. Tem vindo a perder a audição com o passar dos anos, e mesmo assim sorri para a vida. Por todas estas, e mais algumas, tenho uma admiração enorme pela minha mãe.

 

(Não quero de forma alguma desvalorizar outros lutadores. Sei que há pessoas que merecem mais admiração pelas batalhas diárias que travam, seja por alguma deficiência seja por problemas graves de saúde. Todos nós merecemos louvores, porque todos, uns mais que outros, é certo, lutamos da maneira que sabemos e conseguimos para nos manter à tona.)

 

07
Dez18

Desafio - 52 Semanas

52.0.JPG

 

Semana 49: Lugares no mundo que eu gostaria de conhecer.

 

Conta se eu disser o globo? 

 

Dentro de portas, gostava de conhecer o Gerês, a Serra da Estrela, o Algarve, Óbidos, Sintra, Viana do Castelo, Braga, Bragança e praticamente o país inteiro, verdade seja dita.

Fora de portas, as cidades de França e Alemanha que não tive oportunidade de conhecer quando por lá andei, Holanda, Itália, Noruega, Grécia, o Hawai, República Dominicana, ... A sério, não vale a pena continuar porque é praticamente o mundo inteiro 

 

30
Nov18

Desafio - 52 Semanas

52.0.JPG

 

Semana 48: Nunca tive coragem de…

 

... viajar sozinha. Pegar nuns bons trocos e fazer-me à estrada, ir por aí conhecer novos lugares, culturas e formas de vida. E agora que penso bem no porquê de nunca o ter feito, cheguei ao essencial e ao que devo responder de verdade...

 

Nunca tive coragem de fazer nada sozinha. 

 

É triste pensar nisto, e mais triste nunca ter pensado bem nisto. Nunca, ou quase nunca fiz nada sozinha. E quando fiz, desisti em poucas contrariedades e voltei sã e salva para as saias da mamã. Nunca finquei pé nos assuntos importantes. E hoje, agora que finalmente trabalhei o amor próprio, a auto-estima e todos esses patamares, é que tenho a noção que me deixei sempre ao sabor do vento e que de certa forma, acabei por tomar a opção 'fácil' como decisão.

 

Uau, é mesmo bom isto do auto-conhecimento e crescimento pessoal.

Uau, é mesmo bom dizer isto em voz alta e ter a real consciência.

Uau, finalmente sou livre e tudo aquilo que sonhei ser.

 

23
Nov18

Desafio - 52 Semanas

52.0.JPG

 

Semana 47: Quando eu estou apaixonada…

 

Dou tudo, por vezes, até demasiado. Nunca fui muito bem sucedida neste campo mas sei que tenho o defeito de ser demasiado intensa, diga-se. Faço muitos planos e mais planos, quero o meu tempo livre todo para aproveitar com aquela pessoa e acabo assim a anular-me inconscientemente. Era uma coisa que não me incomodava, até há pouco. Hoje, sou mais contida. Continuo a dar muito, mas não esqueço o meu espaço, o meu tempo e os meus gostos. Ainda estou em processo de melhorias, mas já me sinto muito bem com o que tenho vindo a alcançar.