Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

06
Jul17

Retomar grandes amizades

Sabem quando têm aquela amizade que julgam ser para sempre?

 

Eu tive, no secundário. Uma amiga tão alma gémea que até causava maus falares. Uma amiga tão grande e uma amizade tão verdadeira, que uma pessoa até acreditava ser daquelas que duram até a altura dos filhos irem para a escola e as mães irem às compras ou ao café.

 

E essa mesma, que por desinteresse e/ou escolhas de vida se desvanece?

 

A nossa desvaneceu. Quando tomei a decisão de ir para Londres, e quando ela me avisou que eu não estava preparada para tal. E depois da desistência, faltou-me coragem para a enfrentar e admitir que tinha razão, não queria carregar mais na ferida que ainda hoje está aberta.

 

E, depois de bastante, as pessoas decidem retomar uma amizade ao mesmo tempo?

 

Tudo aconteceu com uma fotografia publicada. Eu vi, gostei e fiquei naquela incerteza do comentar. Falo, não falo... Devo, será que devo? E enquanto escrevia a medo, recebi um olá animado, cheio de saudades de conversar, desabafar e rir comigo. 

 

Agora digam-me... Pura coincidência...? 

 

09
Jun17

O facebook tem coisas boas

Apesar aqui do je não ser grande fã do facebook, e muito menos perder horas a cuscar vida alheia, o mesmo proporcionou-me uma coisa muito muito boa ainda hoje!

 

Há coisa de dois anos, enquanto fazia uma arrumação geral encontrei muitas coisas que os meus pais me deixaram trazer como memória da minha infância. Entre elas, encontrei um livro muito usado naquelas bandas: o livro das amizades. Era uma espécie de caderno onde cada amigo nosso preenchia basicamente todas as informações e gostos pessoais. Servia-me como memória, e voltar a lê-lo serviu-me de alento.

 

lifestyle-freundebuch-L-UhIDM5.jpeg

(imagem ilustrativa do livro que vos falo)

 

Voltando ao tempo cronológico de que falo, encontrei uma daquelas amigas que mais me marcou. Aquela especial que nos acompanha em tudo, mas que no nosso caso, com a mudança de país, acabou por ficar por ali. Trocámos cartas de Portugal para o Luxemburgo durante quase um ano, e só eu me lembro da alegria enorme que era chegar ao correio e ver uma carta dela. 

 

Sabendo que o fb era mundial, decidi pesquisar pelo nome dela na rede e por incrível que seja, encontrei. Mandei-lhe uma mensagem, onde dizia quem era e entre outros, perguntava se se lembrava de mim. Nunca essa mensagem foi respondida... Até hoje!

 

Ligo o computador como todos os dias, para vir até ao sítio onde ultimamente me tenho sentido melhor e eis que o meu e-mail me anuncia que tive resposta! Fiquei em pulgas e fui a correr ver... E não é que, 12 anos depois, ela se lembra de mim?! Estou com aquela sensação de alegria pura que nem podem imaginar!

 

Apesar de não te frequentar muito, obrigada Facebook! 

 

02
Dez16

Experiências

Hoje, depois de quase dois meses a pensar nisso, decidi finalmente fazer uma limpeza profunda ao rosto. Foi numa das visitas que fiz à minha esteticista que reparei nas 'novas' aptidões dela e decidi marcar uma para experimentar.

 

Baseou-se num tratamento com cerca de duas horas. Foi feita uma limpeza inicial seguida de uma mini-exfoliação. Depois disso, estive cerca de meia hora a levar com vapores, o que não foi tão desagradável como pensei inicialmente ser. Posteriormente, foram limpos e retirados quaisquer pontos negros, imperfeições, pontos sebáticos, etc. Aí já doeu um bocadinho, principalmente na zona do nariz, que é sempre a pior. Finalmente colocou uma máscara líquida, que repousou durante outros vinte minutos ficando tipo silicone.

 

Gostei bastante, nunca tinha feito e achei que a relação preço/tratamento/duração foi super adequada. Ainda levei uma amiga comigo que achou o mesmo, e disse que já há muito que não relaxava verdadeiramente. 

 

Como era o aniversário do salão, ainda tivemos direito a um maravilhoso brushing. Nada melhor que um miminho destes de lés a lés 

 

31
Out16

O fim de um ciclo

Num dia de Halloween como hoje, há um ano atrás, estava a ter o meu primeiro dia de trabalho na sapataria. Resultado de uma resposta repentina, uma entrevista sem esperança alguma, e o início de um novo ciclo da minha vida.

 

Durante todo este ano vivi, como em todo o lado, coisas boas e outras menos boas. Consegui, apesar de grandes dificuldades e algumas desilusões criar amizades. Consegui também afeiçoar-me, apesar de tudo, a alguns clientes frequentes nas diferentes lojas. E não esquecendo - encontrei alguém que tive relutância em aceitar, mas que ao longo do tempo, se revelou uma pessoa exactamente como eu esperava - e assim, faz já amanhã meio ano que estamos juntos e felizes.

 

Pois é, e posto isto, o que venho dizer-vos hoje é que esse ciclo acabou. Depois de uma situação menos boa, optei por entregar, há alguns dias, a minha carta de demissão. 

 

Assim, começo em breve um novo ciclo da minha vida (em breve, porque legalmente ainda me encontro a gozar o período de férias). Espero assim cumprir o dever que tenho para convosco e manter me mais assídua, actualizado-vos sobre qualquer novidade! 

 

07
Fev16

Castigos 'Divinos'

A minha adorada irmã, vai aproveitar as mini férias de carnaval e vai dar uma fugida até Ovar com as amigas. Uma delas, tem lá familiares, os quais lhes vão dar guarida. A minha irmã, como indecisa que é sempre, foi a última a dar uma resposta final. Para justificar esse facto, a rapariga que ficou responsável pelo alojamento, justificou aos tios que a resposta veio tarde, porque a minha irmã estava adoentada.

 

E não é que, cúmulo dos cúmulos, ela ficou e está doente?! É ao que se pode chamar um verdadeiro castigo divino!