Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

09
Jan19

Qual o papel de cozinha mais barato?

Hoje venho aqui partilhar a experiência feita depois de ver vários truques e dicas nos livros do Pedro Andersson, que tem a rubrica Contas-Poupança, na SIC. O primeiro teste foi saber qual o melhor (mais barato) papel de cozinha que está no mercado.

 

Não vale a pena estar a esconder as marcas, porque quem conhece, saberá quais são. Sou consumidora de todos os supermercados num geral. Claro que, sendo uns mais perto de casa que outros, tenho aqueles onde faço as comprar maiores. Habitualmente, é no Continente. Por isso, as amostras a seguir serão de produtos desse estabelecimento.

 

Uma das reportagens do Contas-Poupança (https://contaspoupanca.pt/2017/09/13/sao-raras-as-marcas-que-dizem-a-quantidade-de-papel-que-estao-a-vender/) ou (https://contaspoupanca.pt/2017/09/14/ainda-os-rolos-papel/) fala sobre os metros que cada rolo, cozinha ou casa de banho possuem. Numa reportagem mais recente, incluída no livro, sugere que pesemos o papel antes de o comprar. Bem, as balanças só na parte da fruta... Mas vamos lá colocar papel no carro e ir até à fruta pesar. 

 

Selecionei apenas dois produtos pois, além de serem os que uso mais frequentemente  o telemóvel decidiu morrer e não deu para continuar a sessão fotográfica:

 

- Rolos de Cozinha brancos, 4 Unidades, (1,29€)

 

48991553_2196269797070679_6117243111337885696_n.jp

 

- Rolos de Cozinha Compactos, 2 Unidades, (1,09)

 

50306251_2427656730798003_1163900428857901056_n.jp

 

Levei ambos até às balanças e o peso é o mesmo: 350g. Vai daí que, serem dois rolos ao invés de quatro, não significa absolutamente nada pois a quantidade em papel é exatamente a mesma. Para quem gosta de fazer ainda mais contas, ficam os preços ao KG: 4 rolos (3,69€/KG) versus 2 rolos (3,11€/KG). Logo, compensa a embalagem de dois rolos, uma vez que se poupam 0,20€ direto, porque pesam o mesmo, mas a segunda opção é 0,58€/KG mais em conta. 

 

Pode parecer pouco, mas são estes poucos juntos que fazem muito. Experimentem o mesmo processo quanto ao papel higiénico, por exemplo. Até pode ficar alguém a olhar-vos de lado, por estarem a pesar papel. Mas o que conta é a nossa carteira, e como diz o ditado "Cada um sabe das suas". Comprar informado, é uma bênção. Experimentem! 

 

(Isto não é publicidade paga. Como digo em cima, Continente porque é onde vou com mais frequência)

 

04
Jan19

As resoluções para 2019

Vai ser a primeira vez que faço resoluções de ano novo no blog. Aqui no blog, e num geral. Há sempre qualquer coisa que quero fazer ou mudar mas nunca coloquei por escrito esses desejos.

 

Ler mais: e com ler mais, quero pelo menos ler, porque 2018 foi uma vergonha. Li um livro e demorei uma eternidade. Para não ser irrisório, proponho ler pelo menos 6.

 

Acabar a depilação a laser: A partir de Março, fico a fazer só manutenção anual. Foi uma das despesas que me deixou com a corda ao pescoço, mas agora que já vejo o alívio financeiro a caminho, não me arrependo porque os resultados são para lá de maravilhosos!

 

Acabar com as dívidas: As da casa (móveis + eletrodomésticos) acabam já em Fevereiro, as pessoais lá para meados de Agosto. Este ano, se tudo correr bem, acabo com as minhas dívidas todas! Recheio da casa pago, carrinho pago, tudo arrumado! 

 

Viajar: Pelo menos uma viagem farei! E das boas! Daquelas que requerem avião! Daquelas que são uma estreia, propícias a boas recordações! Daqui a uns dias conto-vos tudo 

 

Reduzir o consumo de carne: Eu praticamente só como carnes brancas, mas mesmo essas, quero tentar reduzir. Não serei vegetariana mas gostava de chegar mais perto desse estilo de vida.

 

Continuar a luta por uma vida saudável: Sinto-me num excelente caminho, não fosse estar cada vez mais orgulhosa do que vejo no espelho. Por isso, e para chegar ao grande objetivo, é manter o hábito do exercício físico, continuar a aprender a comer melhor.

 

Fazer uma loucura ao cabelo: Originalmente é castanho quase preto, atualmente é vermelho e eu adoro. Mas dura muito pouco a cor e requer mais investimento. Já foi preto, já teve madeixas. Falta-me o loiro. Quem sabe, não é em 2019 que faço a maior loucura!

 

Mudar de emprego: Sinto uma tristeza grande ao fazer esta afirmação como desejo. Entrar para o turismo foi das coisas que mais gostei de fazer. Pretendo continuar na área, mas noutro estabelecimento hoteleiro. Infelizmente, as condições de trabalho não são as melhores e não posso permitir que me façam passar por coisas, que nem nos tempos antigos aconteciam.

 

(Re)encontrar a fé: Desejo sinceramente reencontrar-me neste campo. Mesmo que isso signifique deixar de ser católica. Tenho me vindo a descobrir, e espero chegar ao destino.

 

Continuar a ser feliz: Esta, é a meta principal. E vou continuar a batalhar nisso! 

 

03
Jan19

Desafio - 52 Semanas

As sextas feiras de 2018, ficaram sempre reservadas para o desafio. Eu, algumas por esquecimento outras por falta de oportunidade, cheguei a responder a duas semanas de uma vez. Deveria ter acabado em 2018 mas não tive essa oportunidade. Assim, saem agora as minhas respostas às últimas duas semanas do desafio.

 

52.0.JPG

 

Semana 51: Coisas que me marcaram neste ano.

 

O ano que passou trouxe muitas coisas boas. Tratei de mim física e emocionalmente, e sinto-me revigorada e com vontade de mais. Os meus avós fizeram 50 anos de casados e foi uma festa lindíssima! Fui a Lisboa, ver um concerto com a minha irmã, das melhores experiências da minha vida! Juntei os trapinhos com o Doce e tem sido maravilhoso. Fiz 23 anos, rodeada de amor. Celebrei o Natal em minha casa, e o sabor não podia ter sido melhor.

 

Semana 52: No ano que vem eu quero.

 

Como disse no post do fim de ano, não quero muita coisa. Que se mantenha tudo como está e que consiga sempre ser uma pessoa um bocadinho melhor.

 

Assim, dou este desafio por concluído. Foi um gosto, fazer parte dele! 

 

Pág. 2/2