Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

30
Jul18

Laser Alexandrite - a maior maravilha

Como grande parte da população, também eu faço parte do grupo que anseia por não ter pêlos. Há desde sempre métodos variados. As famosas lâminas, os cremes depilatórios, as ceras quente e frias, as máquinas de arranque e mais sei lá o quê. Com a evolução, chegou o laser. Nesta categoria temos bastantes: a fotodepilação, o IPL, o Diodo e finalmente, o Alexandrite.

 

Vivi durante anos com lâminas e cremes depilatórios. Acabava a preferir as lâminas pois o creme arrombava-me a carteira porque precisava de mais que uma bisnaga de cada vez. Com o tempo passei para a cera quente que foi a minha melhor amiga durante anos. O preço era em conta, duração razoável e dor tolerável. Mas claro, que toda a propaganda a respeito do laser me deixou com curiosidade. Ainda com pouco poder de compra, decidi aproveitar uma campanha da minha, na altura, cabeleireira e comprei um pack de 5 sessões de laser IPL.

 

Posso dizer que foi uma experiência terrível, que me deixou calejada. Acabou por ser uma situação com mais que um fator: a pessoa não era competente o suficiente, a máquina não era das melhores e os resultados, esses, foram nenhuns! Quer dizer, houve dois: foi o dinheiro mais mal gasto e ainda ganhei como brinde queimaduras nas axilas, que infelizmente tenho até hoje.

 

Com tal situação, voltei à cera e por lá me deixei estar. Entrei a tempo inteiro no mercado de trabalho, ganhei poder de compra e finalmente, este ano, decidi arriscar novamente. Informei-me bem, pesquisei ainda melhor e meti-me de corpo e alma no laser Alexandrite.

 

O laser Alexandrite é o método mais eficaz no mercado de momento. Consiste num disparo de luz, acompanhado de criogénio que torna a coisa menos dolorosa (Mesmo assim, é doloroso. E ao contrário do que se pensa, não é lá no sítio que dói mais. Os tornezelos, são a minha morte!). As sessões são realizadas de dois em dois meses. Neste periodo de tempo não pode haver arranque do pêlo - só corte. Não convém apanhar sol nos dias antes e nem depois. É mandatário aplicar um creme para queimaduras nos três dias seguintes (ou mais, consoante a sensibilidade de cada pele). Diz-se que entre a 5ª e a 8ª sessão não há mais pêlo para ninguém.

 

Admito que o laser tem um preço elevado. Mas na minha opinião, vale cada cêntimo.

 

Três sessões depois, quase não tenho pêlos. Tenho zonas que já nem nasce. Outras, que nasce mas tão fino que só ao sol. As pernas, são a zona com resultados mais lentos (quanto mais escuro e grosso for o pêlo, melhor o laser se adapta. O que não é o caso nessa zona)

 

O laser Alexandrite não se aplica a todas as tonalidades de pele. Certamente, também não terá os mesmos resultados para todos. Conheço pessoas felizes com o Diodo, por isso, cada caso é o caso. Há sempre um teste gratuito que todas as clínicas podem fazer - aí saberão qual o melhor. 

 

 

NOTA: Há clínicas que apregoam ter Alexandrite e não têm. Há pouco estabelecimento com tal. É preciso certificação. Informem se bem antes de pagarem por um método que não terão.

 

Eu recomendo o Alexandrite! Alguém por aí concorda? 

 

17
Jul18

Mentalidades

Há coisas que me moem o juízo. Assim para o muito, que me fazem querer explodir de raiva pela ignorância e estupidez alheia. Pela racismo, as opiniões aparvalhadas. Por tudo.

 

Somos apenas quatro funcionárias aqui no hotel. Três rececionistas e uma empregada de limpeza. Sou a mais nova, sendo que todas elas têm idade para ser minhas mães. Há situações em que se torna-se estranho esta diferença abismal, confesso, mas damos-nos todas bem.

 

O que não funciona bem para mim é a mentalidade delas. Delas e de tanta gente nesta sociedade mas foco-me nelas porque existe uma convivência diária. Uma mais que outra, mas acho que nunca tinha visto uma mentalidade tão retrograda. Pelo menos, não numa pessoa na casa dos 40.

 

A partir do momento em que trabalhas na hotelaria, ou no atendimento ao público em si, sabes que vais encontrar bastante diversidade. Diversidade essa que, talvez pela minha idade, seja fácil de aceitar. Ou porque tento ser mente aberta. Ou porque a delas é fechada demais.

 

A grande maioria das reservas chega pela Booking. As pessoas colocam o nome, a data da estadia, o contacto e o número de pessoas que vêm. A grande surpresa é quando.... Chanã: chegam duas pessoas do mesmo sexo. Começa a discriminação. Não chega a ser aquela discriminação odiosa, porque em frente aos hóspedes o teatro é perfeito. Mas mal viram costas...

 

- "Qua sorte a minha, aturar panascas!"

- "Já viste isto? Até parece que não tinham mais para onde ir!"

- "Olha, o quarto que veio são dois fofinhos!"

 

Entre tantas outras.

 

Sou heterossexual e por isso, tive a minha vida facilitada. Nunca soube o que era ter que mentir sobre os meus sentimentos, ser ofendida na rua ou gozada pela minha orientação sexual. Mas não suporto ver alguém passar por isso. Fico fula e sinto que até perco o discernimento. Só me apetece dar um abanão na pessoa e desejar secretamente que o cuspo lhe caia em cima.

 

Sei que é muito feio o que acabei de escrever mas é só no que penso. Nestas mães que, em vez de ensinarem a diversidade do amor aos filhos, educam-nos com este preconceito. Estas crianças tornam-se adultos, e vão ensinar tal como foram ensinados. E o ciclo, nunca se quebra...

 

Sinto-me ofendida sem ser diretamente comigo. Ofendida com tanta ignorância. 

 

15
Jul18

TAG: Este verão eu vou...

Fui desafiada (há já uns dias) pela Princesa de Cristal a responder a este desafio. Vamos lá? 

 

21080826_gZYmD.png

 

A tag consiste em fazer uma lista de 10 coisas que pretende fazer este Verão, com regras simples:

 

  1. Agradecer a quem o nomeou, fazendo uma ligação para o blogue em questão; 
  2. Fazer uma lista de dez coisas que gostaria de fazer - e que sejam exequíveis - este Verão; 
  3. Nomear cinco bloggers para fazer o mesmo. 


As 10 coisas que quero fazer este Verão : 

 

- Ir à PRAIA! Acreditem, ando desesperada! 

- Torrar o dia inteiro, e não duas horas como é hábito meu.

- Fazer um jantar de inauguração da casa nova (já está feito!) 

- Comprar um fato de banho - este ano deu-me para esta cisma e acho que só me vou calar quando conseguir encontrar e comprar um que me agrade à vista e à carteira!

- Fazer um piquenique no parque da cidade. Ideia com anos mas talvez seja desta!

- Ler muito! Shame on me, que não pego num livro há quase um ano!

- Experimentar aulas novas no gym - apaixonei-me pela hidroginástica!

Engane-se quem, como eu, acha que é só para pessoas com mais idade!

- Comprar umas coisinhas de decoração para dar aquele toque à casa.

- Comer mais saladas, aproveitando a deixa do calor.

- Vencer uma 'batalha' no posto de trabalho 

 

Vi que já muita gente respondeu ao desafio, então vou só nomear a Desconhecida e quem mais queira, faça a favor de responder! Continuação de um bom domingo! 

 

 

Pág. 1/2