Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

23
Fev18

Desafio - 52 Semanas

52.0.JPG

 

Semana 8: Os melhores filmes infantis que já assisti foram...

 

A Gata Borralheira - Este filme fez-me ter as primeiras ilusões de amor. Fez me acreditar que não dinheiro, estatuto social ou diferenças que possam separar duas pessoas. Quando é amor, é amor e pronto.

 

Ratatouille - Outro que tal. Este filme marcou muito a minha adolescência quando a minha vocação parecia ser a cozinha. Mais uma vez, fez-me acreditar que tudo é possível quando a vontade é imensa. Todos os nossos sonhos são palpáveis, só precisamos de ter a sorte de entrar na vida das pessoas certas. Além do mais, o protagonista tem o nome do meu primeiro amor. Isso são coisas que nunca se esquecem! 

 

O Rei Leão - Nitidamente, este não podia faltar. Descrever este filme é um tanto ou quanto difícil. Tendo que optar, sem dúvida que foi O filme da minha infância. E não me canso de o voltar a ver.

 

19
Fev18

Pedido de desculpa

Queridos leitores, 

 

Quero pedir desculpa mas optei por remover o texto que partilhei com vós no sábado passado. A toda a gente que o leu e comentou, agradeço imenso e todos os comentários foram tidos em consideração. Apenas tomei consciência que revelei demasiado sobre mim e, estando o meu anonimato meio descoberto, não deveria manter o mesmo.

 

Tudo vai ficar bem. Obrigada!

Beijinhos, a vossa Sweetener 

16
Fev18

Desafio - 52 Semanas

52.0.JPG

 

Semana 7: Eu sempre…

 

Esta é meio abstrata porque pode referir-se a tanta coisa.

- Eu sempre acreditei na bondade e generosidade humana. Mesmo com tantas facadas e desilusões ao longo dos anos, continuo uma crente na boa fé alheia.

- Eu sempre achei que seria capaz de mudar o mundo. Não tinha percebido é que efetivamente eu mudo o mundo. O mundo daqueles que me amam.

- Eu sempre tive (e tenho) esperança de vencer um qualquer prémio a nível de jogo. Sempre tive muita sorte, e acho que tenho aí uma estrelinha que anda há algum tempo à minha procura.

- Eu sempre sonhei que seria uma patinadora artística no gelo de forma profissional. Infelizmente, não vivo na América ou derivados o que torna a coisa completamente impossível.

- Eu sempre pensei que os piscas nos carros serviam para alguma coisa. Mas infelizmente, cada vez mais tenho a certeza que não estão lá a fazer nada! 

 

15
Fev18

Tag 100 Perguntas

E cá vamos nós para o segundo lote de perguntas. Preparados? 

 

Tag.png

 

1. Eras capaz de fazer nu frontal para uma revista? Se sim, em troco de que valor?

Só se fosse para levar a revista à falência! 

 

2. Qual foi a canção em que demoraste imenso tempo até perceberes que estavas a cantar a letra de forma errada?

Realmente, boa questão... Ai uma carrada delas, sem dúvida. Não me vem nenhuma à ideia agora.

 

3. O que é que te disseram na tua infância que te marcou negativamente e nunca mais te esqueceste?

Incrivelmente, muita coisa. E não sabia qual escolher...

 

4. Já fingiste algum orgasmo?

Sim 

 

5. Pelo quê é que deixavas tudo?

Neste momento, por nada. Quando tiver filhos talvez mude de ideias.

 

6. Voltarias a namorar com o teu primeiro namorado?

Não.

 

7. Já tiveste alguma experiência paranormal?

Além de acordar aos gritos após ser perseguida por um guaxini, não! 

 

8. Tens alguma tatuagem que gostasses de fazer mas que nunca tenhas tido coragem para?

Já alguns anos que penso em fazer uma, mas quando chega a parte da decisão e/ou escolha, acabo sempre por adiar e até hoje, ainda não fiz nenhuma.

 

9. Já tiveste sexo num primeiro encontro?

Não senhor.

 

10. Qual é o primeiro alimento que te recordas de comer?

Bananas. Ainda hoje é traumático.

 

 

09
Fev18

Desafio - 52 Semanas

52.0.JPG

Semana 6: Os super poderes que eu gostaria de ter se fosse um super herói seriam…

 

Sem dúvida que seria viajar no tempo e ler mentes. Viajar porque tenho muita coisa que gostava de ter dito e não disse, outras que disse e preferia ter fechado a boca. Ler mentes, porque sou uma constante insatisfeita. Uma pessoa muito insegura por natureza, que necessita de certezas absolutas quanto ao que os outros sentem por mim e até que grau poderei confiar nelas.

 

Pág. 1/2