Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

06
Jul17

Retomar grandes amizades

Sabem quando têm aquela amizade que julgam ser para sempre?

 

Eu tive, no secundário. Uma amiga tão alma gémea que até causava maus falares. Uma amiga tão grande e uma amizade tão verdadeira, que uma pessoa até acreditava ser daquelas que duram até a altura dos filhos irem para a escola e as mães irem às compras ou ao café.

 

E essa mesma, que por desinteresse e/ou escolhas de vida se desvanece?

 

A nossa desvaneceu. Quando tomei a decisão de ir para Londres, e quando ela me avisou que eu não estava preparada para tal. E depois da desistência, faltou-me coragem para a enfrentar e admitir que tinha razão, não queria carregar mais na ferida que ainda hoje está aberta.

 

E, depois de bastante, as pessoas decidem retomar uma amizade ao mesmo tempo?

 

Tudo aconteceu com uma fotografia publicada. Eu vi, gostei e fiquei naquela incerteza do comentar. Falo, não falo... Devo, será que devo? E enquanto escrevia a medo, recebi um olá animado, cheio de saudades de conversar, desabafar e rir comigo. 

 

Agora digam-me... Pura coincidência...? 

 

08
Nov16

Reencontros felizes

Foi na semana passada, quando cumpria o meu dever de neta, acompanhando os meus avós às suas consultas e afazeres, que reencontrei um amigo que não via há pelo menos três anos.

 

Apesar de algumas dúvidas, dirigi me a ele e a surpresa acho que foi feliz para ambos. Foi bom saber e sentir que, apesar da distância, do tempo, do não se falar, as coisas permaneceram exatamente iguais ao que eram nos tempos de escola.

 

Ficou surpreso ao saber que as coisas em Londres não me correram como eu esperava mas ao mesmo tempo contente por ter tido o descerenimento de voltar e poupar mais sofrimento em todos os sentidos. Um rapaz que mal queria saber de estudar e agora é segurança! Como a força de vontade, o tempo e as circunstâncias conseguem mudar uma pessoa e uma vida!

 

Fica como que uma nostalgia pensar que as pessoas com quem partilhámos tantas peripécias cresceram e são agora adultos. As responsabilidades começam agora, e tudo o que isso acareta.

 

Venham mais reencontros como aquele, para fazer uma pessoa sentir que mesmo que poucos, ainda tem algumas 'amizades' que se mantêm.