Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

06
Abr17

Sobre o IRS

Este ano será o primeiro em que vou colocar o IRS por minha conta. Moro com a minha mãe, mas tive um rendimento anual superior ao permitido para colocarmos em conjunto. Assim, dirigi me à senhora que o costuma fazer e entreguei a minha papelada toda. Não faço a mínima ideia de como preencher o suposto, apesar de saber que cada vez mais há plataformas e ajudas online que tornam tudo prático. Mas como a preguiça foi maior e optei pela opção mais fácil.

 

Foi-me dito que tendo em conta o meu ordenado, não ter filhos nem despesas de habitação, teria que ter despesas para justificar ou pelo menos compensar os ganhos com os gastos e assim reaver o IRS que descontei ao longo do ano. Pedi sempre fatura, sempre com contribuinte. Desde restaurantes, estadias em hotel, roupa, cabeleireiro, farmácia, tudo e mais alguma coisa. 

 

Quando recebi a minha folha de vencimentos da sapataria, fiquei imensamente feliz com o valor que vi que receberia de volta. Tendo em consideração que estaria na Alemanha, ia saber imensamente bem um dinheirinho extra. Meti aquele valor na cabeça e convenci-me que era esse que ia cair na minha conta, cêntimo por cêntimo. Acontece que a contabilista ligou-me a informar que após fazer a simulação, o valor era cerca de um terço.

 

Parou tudo! O QUÊ?! Como assim? Um terço? Por que raio e por alma de quem?

 

Ok, sou nova nestas andanças e não faço a mínima de como as coisas funcionam mas no ano anterior, o valor que constava na minha folha de rendimentos, foi o valor que recebi - certinho e direitinho! Porque é que esta ano é diferente? Por ser um valor maior?

 

É normal ser assim ou a contabilista está me a enganar? 

 

24 comentários

Comentar post