Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

25
Fev17

Os aviões e os aeroportos

Posso dizer que já andei umas poucas vezes de avião. Várias companhias, diferentes alturas da vida, pouca variedade de destinos, mas num geral, boas experiências. Desde pequena que tinha uma curiosidade enorme em viajar num. Tinha aquela ideia que seria uma experiência do outro mundo, algo incomparavelmente inesquecível. Nada como um carro ou qualquer meio de transporte público, andar nas alturas seria de certo outra categoria.

 

Quando chegou a altura, foi como se estivessem a oferecer um monte de doces a uma miúda. Numa visita da estudo no meu 11º ano, fomos a Londres, o que obrigou a utilização do tão esperado. De todas as expectativas criadas ao longo dos anos, não foi nada parecido ao que imaginei. Não que o serviço fosse mau, de forma alguma, mas sofri de tal maneira derivado à altitude que cheguei a chorar! Qual mascar pastilha ou ouvir música, nada surtiu efeito! No voo de volta a coisa já foi melhor, disseram nos que era normal nas primeiras vezes mas que depois, tudo seria tão normal como viajar de autocarro. E de facto foi. Todas as vezes que seguiram correu tudo às mil maravilhas.

 

Tive oportunidade de viajar na TAP, na EasyJet e na Ryanair. Se tenho uma preferência? Certamente a TAP. Fico contente por ver que a companhia optou recentemente por viagens low cost, dentro dos parâmetros. Seguido vem a Ryanair, aquela onde fiz a maior parte das viagens. Os preços são um mimo e então nesta minha recente viagem, fui e voltei por 50€, com possibilidade de escolher o lugar que bem quis! A EasyJet é mais um carinho especial, por ter sido a primeira companhia em que viajei e que, como qualquer uma das outras, voltarei a usar se os preços assim me agradarem.

 

Em termos de Aeroportos, tanto Lisboa como o Porto estão bem equipados. Há bastante informação e é muito difícil alguém se enganar. Em termos de facilidades, acho que Lisboa está melhor servido pelo metro, que adoro e uso sempre que à capital me desloco. Pelas diversas vezes que fui a Londres, por coincidência ou não fui sempre para um aeroporto diferente. Não tive grande tempo para apreciar as vistas nem ver todas as facilidades, mas entre Heathrow, Luton e Gatwick, sem dúvida a primeira opção. Já aqui, na Alemanha, sendo Frankfurt o mais próximo, as low cost vão para um aeroporto (Frankfurt Hahn), a restantes para o central. Só fui ao central uma vez, quando cá cheguei porque vim pela TAP. Gostei imenso, super elegante, informação bem visível e muito staff pronto a ajudar. Em Hahn, que é o preferido das viagens baratas, também não me posso queixar nada. Nomeadamente nesta última, que me foi prontamente questionado se falava alemão ou inglês, sendo inglês a minha resposta e tudo foi tratado nessa mesma língua, com uma cordialidade e simpatia fenomenal.

 

Todas as viagens feitas, treze até à data, foram sempre para Londres ou para Frankfurt.

Espero muito em breve puder conhecer outros destinos, sempre para passear, ter bons momentos junto de quem mais gosto e alargar os horizontes culturalmente falando! 

 

2 comentários

Comentar post