Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

11
Set17

Eu, rececionista

E hoje, que acordei bem disposta (não é que não acorde todos os dias, mas ainda estou com jet lag de horários e rotinas) vou vos falar um bocadinho mais sobre o meu novo emprego.

 

Trabalho num edifício que remonta ao século XVIII. Uma casa de família que virou hotel há cerca de sete anos, em plena zona histórica da cidade. É um hotel pequenino, apenas com doze quartos. Cada um eles, possui para além do número, um nome de uma personalidade que de alguma forma, foi importante para a cidade de Viseu. Mais ainda, é um hotel botique, podendo todos os artigos ser adquiridos visto que o proprietário possui também uma loja de antiguidades e lhe é muito fácil arranjar outra mobília. Todos estes aspetos, fazem com que o atendimento e todas a envolvência seja muito personalizado. Todos os cantos cheiram a história, e esse tem sido o meu maior desafio como pessoa que nunca gostou e sempre teve más notas a história na vida.

 

Não tratamos os hóspedes com a distância a que certamente estamos habituados: ali, é como se fossemos umas conselheiras ou até mesmo guias turísticas. O hotel é mostrado a cada hóspede e é tudo explicado com o maior carinho possível. Note-se que, muita gente certamente não aprecia este tipo de alojamento e/ou atendimento. Eu própria, não creio que fosse por exemplo, pernoitar por lá. Mas isto porque eu efetivamente não dou valor a estes aspetos. Felizmente, tenho me apercebido que são mais as pessoas que gostam deste tipo de alojamento do que aquelas que são como eu. E a verdade é que pouco a pouco, estou a moldar esta minha opinião.

 

Hoje, que faz um mês contando com o tempo de formação, tenho a noção que o tempo passou a correr. Não me lembro de algum dia ter sentido o que sinto no presente. Um gosto tão acentuado e uma vontade tão grande de fazer aquilo que faço. as horas passam a correr, a semana passa a correr, e não tarda já está na hora de receber o meu primeiro ordenado em condições! Será que, quando dizem "Trabalha naquilo que gostas e nunca terás que trabalhar na vida" é deste sentimento que falam? É que se sim, então estou mesmo no sítio certo! 

 

21 comentários

Comentar post