Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

21
Jan17

Eu e as bananas, as bananas e eu...

Sabia que mais tarde ou mais cedo iria falar no episódio, mas ontem, na minha visita diária aos cantinhos que me cativam mais, parei na nossa querida Maria das Palavras, que me lembrou, através deste post seu, que ainda não contei uma coisa muito importante a meu respeito: 

 

Odeio bananas. O cheiro, a forma, o aspeto, absolutamente TUDO!

 

Porquê? O culpado é o meu pai. Sim, o meu pai. 

 

Sempre fui uma criança que comia de tudo, e adorava tudo o que comia. Ora, num certo dia, decidi virar-me às bananas. Mas eu tinha uma forma muito peculiar de as comer: descascava, dava um trinca, e chão com ela. Fazia o mesmo em várias. Qual rasto de migalhas à Hensel & Gretel, rasto de bananas é que estava a dar! Ora já se sabe, os papás começaram a não achar grande piada e um dia, a paciência esgotou, e houve zanga.

 

A famosa zanga das bananas.

 

O meu pai devia ter tido um dia complicado no trabalho, e quando chegou a casa e viu o cenário, adorou! Não faz outra coisa: pegou em mim e obrigou-me a comer as bananas todas. Uma por uma! A minha mãe, que assistia à cena já estava com pena de mim, mas sabia que eu merecia aquilo de alguma forma. Vomitei bananas pela boca, pelo nariz e pelos olhos! Verdade seja dita, foi remédio Santo. Só o cheiro ou qualquer tipo de semelhança com uma banana dá-me náuseas.

 

Eu culpo o meu pai mas... Bem vistas as coisas, a culpada sou só eu...