Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

Sweetener

Ser feliz com adoçante!

28
Abr17

Vamos à primeira!

À primeira entrevista que consegui desde que cheguei!

 

Não é para nenhuma vaga de trabalho em concreto, mas sim uma entrevista de seleção para uma das maiores empresas aqui do distrito! E eu não procurei nada, recebi um e-mail deles a pedir para renovar o meu CV e quando o fiz, ligaram-me no imediato a informar da dita!

 

Até tenho medo! Nunca fui a uma coisa assim, vamos ver como corre, e se dará em algo! 

 

Desejem-me boa sorte! Eu desejo-vos um bom fim-de-semana! 

 

26
Abr17

Umas belas promoções!

Sou uma moça muito simples. Bem, talvez simples não seja a palavra certa. Preguiçosa, isso sim.

 

Sou uma desgraça em tudo o que toca a cuidar de mim. Nem um creme hidratante com frequência consigo colocar. Vai em dois ou três dias e logo logo, a rotina já foi por água abaixo.

 

Assim é também com tudo o que envolve maquilhagem. Sou vaidosa, mas a preguiça... Ui, é tão mas tão forte. Não uso maquilhagem no dia-a-dia, muito raramente numa ou noutra saída e apenas porque assim o requer. O pior é o pós saída. Assim que chego a casa, é xixi cama - sem tirar absolutamente nada da fronha. Podem bater-me, têm toda a razão. Mas é o raio de uma preguiça que não dá para mais (juro que não é bebedeira, sabem que sou uma santa!).

 

Essa é, a razão pela qual não me maquilho. Porque sei que sou pior que um koala, não retiro o que quer que seja e sei que cada vez que não o faço, castigo a minha pele em anos de vida.

 

Mas, pois claro que ia haver um mas - até porque o título deste post o indica desde o início, queria ver se 'isto' está prestes para mudar. Agora que tenho tido mais tempo livre, que tenho feito as compras de casa com toda a calma e paciência do mundo, tenho olhado para alguns produtos com olhos de olhar. E confesso que já me rendi a alguns... Trouxe umas máscaras para casa mas ainda não lhes toquei. Há de faltar pouco, e prometo vir aqui dar o meu feedback! 

 

O que me traz aqui hoje são promoções! Sempre gostei de fazer compras online, pelo menos de ver os produtos por lá, nem que depois me dirija às lojas físicas e experimente as coisas.

 

Ontem por curiosidade fui coscuvilhar o site da KIKO. Eu sei que não devia mas há tanta coisa gira... E admirem-se, baratas! Sombras a 1,40€, batons e vernizes a 2. Um paraíso!

 

sombras kiko.PNG

 

batons kiko.PNG

 

vernizes kiko.PNG

 

É pena algumas coisas, nomeadamente algumas cores (lindíssimas!) já estarem esgotadas. Mas coisa barata não dura muito tempo, não é? Infelizmente... As promoções são quase todas da loja online, mas posso dizer que pelo menos os vernizes, estão ao mesmo preço na loja física!

 

Se precisam ou simplesmente querem renovar o stock de coisas giras em casa, visitem o site http://www.kikocosmetics.com/pt-pt/ e deliciem-se com as fantásticas promoções.

 

(Este post está livre de parcerias ou qualquer tipo de publicidade. Até à data, ainda ninguém quis nada disso comigo) 

 

24
Abr17

Furar as orelhas

Ontem foi tema de conversa o momento épico de furar as orelhas.

 

Aqui a peste fazia das suas para ser obrigada a tirar os brincos. Deviam fazer-me alergia ou o raio que eu não aguentava muito tempo sem fazer alguma. Furaram me as orelhas três vezes. A última, pelos meus 6 anos quando fiz um valente dói dói. Um dói dói a sério. Caí na escola e rasguei a orelha, a primeira e mais velha cicatriz que trago no corpo. Como a minha mãe achou que só um brinco não tinha piada, tirou me o outro, acabando os buracos por fechar.

 

Numa vinda a Portugal, a minha mãe decidiu furar-me as orelhas novamente. Eu, que já sabia o quanto custava e comecei a fazer daquelas birras fáceis de aturar. Sem mais opção, disseram que, caso não chorasse, teria direito a um Cornetto de morango. Têm a noção do que significava um Cornetto há quinze anos para mim?! Era o Céu! A menina lá foi e o primeiro furo aguentou. Mas ao segundo, deu-se um gemidozinho e ficou-se cheia de medo de já não receber o dito.

 

Mas a mamã achou que me portei bem e lá me comprou a recompensa!

 

As crianças realmente são umas interesseiras 

 

Pág. 1/4